pão pizza com ou sem alho

A publicação de hoje no JORNAL TRIBUNA DE MACAU, 14 de Janeiro de 2011

A AQUECER O AMBIENTE… OU A UTILIDADE DO FORNO
Está frio, muito frio mesmo, e sabem o que me apetece nestes dias?
Ora, nem mais, ir para a cozinha fazer coisas no forno. Para me sentir consolada com o quentinho que se espalha pelo ambiente e deixa aromas deliciosos pela casa toda, e para me sentir reconfortada com a proximidade daquela fonte de calor – como à lareira.
Os pratos de forno são sempre um «must» na cozinha de qualquer mami que se preze. Quase sempre aconselhados ou indicados para os fins-de-semana, devido ao alongado tempo que passamos em frente ao dito forno ou porque estão associados a receitas mais elaboradas.
Mas as vantagens da preparação dos alimentos no forno – os assados – são várias e por si só já compensam o tempo que por vezes se espera até ao resultado final. Primeiro, as vantagens nutricionais: no forno cozinha-se sem água e sem grande exposição ao ar, logo os alimentos não libertam as suas propriedades por aí; no forno utiliza-se menos gordura que noutros métodos de preparação dos alimentos, logo é mais saudável; pode cozinhar-se os tubérculos com a casca, preservando assim os melhores nutrientes junto a ela ou pode acrescentar-se ervas aromáticas dando sabores exóticos aos alimentos e reduzindo a quantidade de sal aplicada. Por último as vantagens práticas da questão: suja-se menos loiça, serve-se no prato de forno mesmo, e temos tempo para organizar a cozinha antes de irmos para a mesa.
A receita mais aplaudida cá de casa é os legumes assados (que já aqui deixei a receita). Faço-os regularmente, variando os ingredientes o mais possível e modificando ligeiramente os temperos em cada sessão. Com este prato é garantido que o meu forno está ligado pelo menos umas boas duas horas (é que o meu forno está sempre a pregar-me partidas a meio…mas lá me vou orientando, até arranjar outro que o substitua, mais colaborador…).
Outra das sugestões para aquecer o ambiente, e a alma, são os bolos, os biscoitos ou os pães. O pão então, toda a gente sabe o bem que sabe, saído do forno quentinho, e comido quando o ar já está infestado do seu delicioso aroma e ninguém resiste mais…. Hoje resolvi trazer-vos o pão pizza, uma prática entrada ou uma refeição mais leve.


PÃO PIZZA
(simples ou com alho)

500 gr de farinha
250 ml de água tépida
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de fermento de pão
1 colher de sopa de azeite

Misture a farinha com o fermento e a água com o sal e o azeite. Vá deitando a água no meio da farinha e amassando. Amasse bem e deixe a repousar 30 minutos. Retire pequenas bolas de massa e estenda com um rolo. Coloque em cima de uma grelha em forno quente e deixe cozer, vire.
Para a versão com alho: depois de estender a massa espalhe alho macerado com azeite em cima e leve ao forno. Sirva bem quente, com manteiga fresca ou um fio de azeite de boa qualidade.

Comentários

  1. Olá! Fiz ontem esta receita, mas o pão ficou um pouco duro! Porque terá sido??

    Os meus parabéns pelo blog! Sou uma seguidora atenta! Também concordo que somos o que comemos e o seu blog ajuda-me imenso!

    Xana

    ResponderEliminar
  2. olá,
    este pão é de facto mais parecido com bolacha que pão macio, por isso deve ser bem esticadinho com o rolo para ficar fininho.
    Outra ideia é juntar um pouco mais de água se a massa estiver muito dificil de trabalhar (antes de pôr a repousar).
    espero ter sido útil e obrigada pelos cumprimentos.
    Mami

    ResponderEliminar
  3. Ok! Obrigada! Vamos ver como fica para a próxima!

    Xana

    ResponderEliminar

Publicar um comentário

Mensagens populares