paella à Sevilhana

Segunda-feira, feriado, nada como um dia destes - extra - para fazer qualquer coisa diferente para o almoço.
Tinha uma embalagem de marisco no congelador e de certeza que a M. não iria saber como preparar durante a semana.
Resolvi pegar nos livros de cozinha mediterrânica para me inspirar e saltou logo à vista a famosa paella espanhola.
Procurei mais duas receitas para confrontar os ingredientes e procedimentos utilizados e toca de pegar num papel para criar a minha versão da PAELLA À SEVILHANA:


Refoguei uma tira de presunto e bacon com 2 colheres de sopa de azeite, pimenta e uma colher de chá de pimentão doce; juntei 1/2 l de água, 1 copo de vinho branco e 1 folha de louro e deixei ferver durante 10 minutos; reservei juntando 3 a 4 filamentos de açafrão.
Refoguei 1 cebola pequena picada e 2 dentes de alho em azeite e juntei uma embalagem de mistura de marisco (lulas, camarão, ameijoas, berbigão), e refoguei em lume alto, juntei 2 tiras de pimento vermelho e verde e 2 tomate em cubos e uma malagueta seca.
Depois de apurar juntei 1 copo de arroz e envolvi no preparado; adicionei o liquido com o presunto e mexi. Coloquei uma mão cheia de ervilhas e meia dúzia de camarões grandes por cima; tapei e deixei a cozer durante 10 minutos, mexendo apenas o necessário ou chocalhando o tacho.
Reguei com umas gotas de limão antes de servir de imediato com uma bela salada de alface.

Comentários

Mensagens populares