osteoporose e alimentação

PUBLICADO EM: JORNAL TRIBUNA DE MACAU, a 11 de Março de 2011

REMEDIO PARA OS OSSOS

Recebi uma newsletter falando sobre a osteoporose e os alimentos que ajudam a prevenir o seu aparecimento e achei interessante partilhar convosco alguns dados que andei a pesquisar esta semana.
Assim, fiquei a saber que os alimentos que evitam a osteoporose são ricos em cálcio, vitamina D e ómega 3. Sendo importante incluir no cardápio: o salmão, o atum, a truta ou a sardinha, os frutos secos como as nozes, castanhas e amêndoas, sementes como o girassol ou a linhaça (elimina o excesso de sódio), os vegetais de cor verde e frutas, a soja e o azeite.
A osteoporose afecta maioritariamente mulheres a partir dos 50 anos de idade, mas não em exclusivo (Homens, cuidado!).
Porquanto é mais fácil prevenir do que tratar esta doença, os cuidados devem começar na infância, e prolongar-se vida fora, sendo parte deles a abstenção de comer alimentos prejudiciais, como excesso de proteínas, sal, açúcar, gorduras e alimentos processados; a necessidade de praticar exercício físico regular; e eliminar do seu modo de vida o tabaco, a cafeína e o álcool em excesso.
As pesquisas mais recentes referem que o equilíbrio ácido-base no nosso organismo é fulcral para a absorção de cálcio, e por conseguinte a formação da densidade óssea.
Sabemos que os fornecedores mais directos de cálcio são os lacticínios, o que não sabemos é que o excesso de proteína animal provoca a excreção de cálcio pela urina, pois torna o sangue ácido e o organismo sacrifica o cálcio dos ossos pelo equilíbrio corporal. Ou seja, é necessário consumir alimentos alcalinos (frutas, vegetais e chá branco) para restabelecer o equilíbrio.
É ainda importante mencionar que o sal é o inimigo nº 1 da osteoporose, pois o sódio dificulta a absorção de cálcio.
Para terminar, se está a precisar de cálcio veja os seguintes resultados: o cálcio das couves em geral, dos brócolos e de outras verduras de folha verde-escura (com excepção do espinafre), tem uma taxa de absorção igual ou maior do que o do leite, na ordem dos 50 a70%. Já o leite fica-se pelos 32% e, por exemplo, uma porção de amêndoas: 21%.

Comentários

Mensagens populares