a familia das abóboras

Por ocasião da entrada no verão, escrevi um artigo sobre alguns dos frutos da época e seus beneficios. Aqui fica para vossa informação:


Os reis da mesa de verão
(...) antes de irmos (de férias), fiquem com estas escolhas para a mesa de verão: 5 frutos que pertencem à mesma família – a família das aboborinhas - e que podem ser reis da época estival: o melão, a melancia, a abóbora, a curgete e o pepino.
Frutos? Perguntarão os mais atentos. Frutos, sim, pois frutos são as partes carnosas das plantas que encerram as sementes, o que é o caso… Embora o que vulgarmente façamos seja distinguir os frutos pelo seu teor de açúcar, e os vegetais pelo seu uso na confecção de pratos salgados, como sopas, saladas, refogados, etc.
Deixando de lado as definições vamos aos benefícios destas aboborinhas de verão, no verão... A característica mais comum é que todas são potentes hidratantes porque gozam de uma composição de água superior a 90%, chegando aos 95% nalguns casos, o que praticamente se pode chamar de refrescantes naturais recheados de vitaminas.
Para alem de serem ricos em vitaminas: A, B e C, são também ricos em sais minerais como o potássio, cálcio, fósforo, ferro, etc. Têm pouquinhas calorias, são de fácil digestão, e são ainda benéficos na redução da pressão arterial e na prevenção anti-cancerígena.
Mas, a sua maior riqueza está na acção das suas fibras no aparelho digestivo, tratando-se de diuréticos e desintoxicantes naturais, contribuindo para as desejadas barrigas lisinhas de verão que todos ambicionamos.
Atribuísse-lhes ainda propriedades terapêuticas, sendo que o pepino excede os seus pares, quer por ser um tónico natural para os órgãos de limpeza principais: fígado, rins e vesícula, quer por serem sobejamente conhecidos os seus efeitos na beleza e saúde do cabelo, unhas, dentes e gengivas.
Quanto às quezílias digestivas do pepino: dizem que se não for temperado não apresenta qualquer problema funcional. Experimente e verá a diferença!
Tanto o pepino como a curgete podem consumir-se inteiros, embora por vezes nas peças mais maduras seja conveniente retirar alguma da camada mais exterior da pele, mas igualmente a mais fibrosa.
A curgete, o pepino, a melancia e o melão, devem ser consumidos crus: ao natural ou em saladas. Já a curgete é uma delicia grelhada e numa infinidade de pratos simples como massas, lasanhas, cuscuz, etc.
PUBLICADO EM: JORNAL TRIBUNA DE MACAU, a 2 de julho de 2011

a receita que acompanhou este artigo:
http://maminacozinha.blogspot.com/2011/03/ratatui-2-versao-acafrao.html

Comentários

Mensagens populares