folhado de queijo e morango

Ontem decidi utilizar mais um resto de massa folhada para uma nova experiência e surgiu o folhado de queijo com doce de morango, caseiro, diga-se... feito pela minha mãe com os moranguinhos deliciosos que cresceram na horta do meu pai e que tivemos ainda oportunidade de comer directamente da planta (os últimos da época pois chegámos a Portugal já a meados de Julho), e que nos souberam a céu....

Por isso lembrei-me que seria oportuno acrescentar aqui o artigo que publiquei no jornal sobre a importância da fruta. A receita que na altura escolhi para acompanhar este artigo foi o folhado de fruta com mel que já se encontra neste bogue em: http://maminacozinha.blogspot.com/search/label/folhado.

 A IMPORTÂNCIA DA FRUTA
Segundo dados da OMS comemos apenas 36% da fruta diariamente recomendada. E em Macau o cenário não parece ser melhor que este, ou não teria sido lançado no calendário escolar a «Festa da Fruta», com o propósito de incentivar alunos e professores a comer mais fruta.
Na verdade perdemos a tradição de comer fruta ao longo do dia porque já não vivemos no meio das árvores. Mas quem teve a felicidade de viver a infância numa quinta ou numa aldeia, ainda se lembrará dos dias sem escola, passados a apanhar fruta da época. Eram as uvas, as cerejas, os alperces, as ameixas vermelhas e amarelas, as romãs, os figos. Tudo no seu tempo próprio…
Mas, porque é tão importante comer fruta? Primeiro, porque é o único alimento que tem uma composição igual ao nosso corpo: 70 a 80% de água; segundo porque é o alimento mais natural: ingere-se fresco e cru; depois porque tem elevadas doses de fibras que varrem/limpam o nosso organismo, vitaminas e minerais essenciais e são colesterol free, e, por último mas não menos importante, são 100% éticos.
Algumas das admiráveis qualidades destas partes carnosas das plantas que contêm as sementes, são populares tanto no campo medicinal – curativo e preventivo, como no campo psicológico, seja na redução de estados depressivos ou aumento da sensação de bem-estar geral, associada ao incremento do consumo de produtos crus, sejam frutas ou vegetais.
As recomendações actuais indicam o consumo de 3 a 5 porções diárias de fruta. O que pode ser facilmente colocado em prática com ideias simples como: levar fruta para os lanches, substituir alguns cafés por sumos naturais (em especial o da manhã, em jejum), preferir sobremesas de fruta, e ter sempre uma peça de fruta à porta da escola, à espera das crianças. Isto porque a fruta deve ser consumida 20 minutos antes das refeições, para uma melhor absorção dos seus nutrientes.
PUBLICADO EM: JORNAL TRIBUNA DE MACAU, a 30 de Abril de 2010
E a receita que hoje proponho é:

FOLHADO DE QUEIJO CAMEMBERT COM DOCE DE MORANGO
Espalhe a massa folhada e forme um rectângulo. Recheie o meio com queijo de variedade camembert e cubra com doce de morango. Feche e leve ao forno bem quente de forma a estufar a massa folhada e a derreter o queijo no interior. Sirva quente.


Comentários

Mensagens populares