mad tea party 2010


Estava um dia fantástico e os raios de sol ficaram de repente flourescentes,
respondendo ao apelo de meia duzia de flores aromáticas
que estavam à espera que a magia acontecesse...


A Mami Dedinhos de Fada apressou-se a aprontar tudo...
não fossem os mad hatters aparecer de repente guiados pelos raios flourescentes!

Mas afinal foi a chapeleira rainha que chegou primeiro, e pegou na cartola,
 e tirou de lá uma mão cheia de artefactos mágicos
que começaram a saltitar entre as mãos dos convidados...

... e transformaram-se papéis e cartolinas, contas e bolinhas, penas e estrelinhas, em poderosos chapéus malucos que davam aos convidados o poder de magicar:

Este, ficou tão barulhento e reluzento, que os escaravelhos voadores preferiram abandonar
aquele lugar maluco, e procuraram refúgio nas grutas encantadas de Coloane...

Já este, pegou no sol menor e atirou-o para o meio dos mad hatters criando a confusão geral...

Este, ficou tão louco de alegria que já não sabia de que lado tinha a cabeça,
 mas o chapéu é que não largava, ai não, não...

Hum... mas o caso mais bicudo era esta mad haterina que resolveu fechar os olhos,
só para encontrar o buraco da árvore da Alice mais depressa.
Mas desta vez não conseguiu, porque os outros mad hatters estavam sempre a acordá-la...

Até que apareceu a fadinha das batatinhas e disse a todos:

- Olha, acabem lá com a brincadeira que está na hora do sol se pôr.
-Vamos lá, vamos lá, acabar as batatinhas que esta festa está mesmo maluca de todo!!!

...e quando ela deu a primeira dentada:
nem sabem o que aconteceu...

(Nós também não, porque a festa continua...)

Comentários

Mensagens populares