esparguete colorido da Mami

Este esparguete é bastante substancial, não dispensando um peitinho de frango para animar os mais exigentes.
Não sabia muito bem como havia de lhe chamar, porque foi inventado na hora. Assim, como qualquer criação pessoal decidi que leva o Mami, e o colorido foi a palavra que me ocorreu, mal olhei para o prato quando o coloquei na mesa.

ESPARGUETE COLORIDO
Cozer o esparguete em água abundante, escorrer e reservar.
Fritar 3 dentes de alho esmagados* com uma boa quantidade de azeite, juntar cebola picada e um peito de frango cozido e cortado em pedacinhos bem pequeninos.
Juntar cogumelos aos quadrados e folhas de espinafres tenras e bem lavadas.
Juntar tomate fresco aos quadrados e a massa.
Temperar de sal, pimenta, e ervas aromáticas.
Envolver e servir com salada de espinafres crus, temperados de azeite e vinagre balsâmico.

O segredo: não deixar os ingredientes cozer, mas antes fritar, para isso deve usar os legumes secos e escorridos de qualquer água, manter o lume forte e acrescentar algumas colheres de azeite se for necessário.


*Comprei um almofariz daqueles que se usam nas farmácias chinesas, para esmagar as ervinhas e pózinhos, num mercado de rua em Cantão.
É de pedra, preto e cinzento, pesadérrimo.
Mas exerce lindamente a sua função de esmagador de alhos, sem me deixar as mãos a cheirar a alho.
E fica lindamente na cozinha...

Comentários

Mensagens populares