os electrodomésticos


ARTIGO PUBLICADO NO JORNAL TRIBUNA DE MACAU, a 16 de março de 2012
A utilidade dos pequenos auxiliares de cozinha é cada vez menos questionável, dado a grande necessidade dos tempos modernos de ganharmos tempo ao tempo. O que significa que cada vez mais queremos roubar tempo às tarefas diárias de subsistência como o comer e dormir e investi-lo noutras coisas mais nobres como o trabalho ou o lazer.
Eu sou uma verdadeira adepta dos high-tech da cozinha, mas não me posso considerar uma pura aficionada, pois não me deixo convencer facilmente pela utilidade / funcionalidade / benefício de certos aparelhos.
Quando entram na minha cozinha não são fruto de um impulso consumista. Pelo contrario, só entram electrodomésticos na minha reduzida cozinha depois de bem ponderada a sua verdadeira utilidade e depois de passarem algum tempo (direi antes meses) na lista de «preciso de…». E mesmo assim, já me arrependi de algumas destas aquisições que agora estão para ali sem utilização regular. Como é o caso da iogurteira, que acabei por pôr de lado, graças a minha inata incapacidade para gerir o pedaço de iogurte necessário para fermentar a dose seguinte, ou seja, acabo sempre por ter que comprar um iogurte no supermercado para fazer a próxima dose…. Perdi a paciência!
Uma das maquinetas que ainda não me convenceu foi a afamada Bimby, apesar das minhas amigas bimbolicas me tentarem demover constantemente desta minha casmurrice. É que não sou muito dada a cozinha «by the book», prefiro atirar para dentro de uma panela o que me apetece, quando me apetece…por outro lado, também o preço deste mini-robo não me parece que possa vir a ser facilmente amortizável nas suas utilizações cá em casa.
Já a nova fritadeira com tecnologia de airfryer de que andam por ai a falar… estou de olho nela. Já está na lista, mas preciso encontrar algumas cobaias que já tenham experimentado a coisa com sucesso, antes de me decidir. É que a publicidade por vezes é enganosa… Mas a ideia de servir batatas fritas que não foram mergulhadas em gordura está mesmo a pulular na minha imaginação culinária.


A RECEITA QUE ACOMPANHOU ESTE ARTIGO ESTÁ AQUI:

Comentários

Mensagens populares